O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

16 de abril de 2008

Do desespero à tranquilidade....

Eu já perdi as contas de quantas vezes já pedi desculpas por ter ficado sem atualizar o blog. E acho que desta vez passei mais tempo ainda longe daqui. A última vez em que escrevi foi no dia 25 de março, aniversário do glorioso Atlético Mineiro.

Sim, foi um grande sumiço! Talvez uma falta de compostura com quem passa por aqui... Nem mesmo responder aos comentários eu respondi...Apesar de já ter lido todos, não tive tempo de responder!!! Não vou prolongar o "discurso", mas peço desculpas (novamente!)!!! E apresento uma razão, acredito que suficiente para ser perdoada: reformas em casa!

Por mais de uma semana eu me senti "uma estranha no ninho". Imagine só: pintor e ajudante dentro de casa, suas coisas de cabeça pra baixo, você sem poder se mover direito, sem poder circular de um ambiente a outro e ainda ver tudo debaixo de panos, plásticos e pó???? E pior: aonde quer que eu encostasse eu ficava branca (de pó)! Só havia me restado a cama e duas cadeiras pra sentar! Foi de enlouquecer! Nem o computador eu podia usar (ainda contava o fato de ter sido infectado por um vírus)!

Durante este período eu ainda tive uma outra ocupação: "mestre de obras"! É claro que eu tentava ficar fora de casa o máximo possível, principalmente pelo cheiro de tinta e pó. Mas também tinha que resolver várias outras coisas, como comprar tintas e outros pedidos do pintor, fazer orçamento disso, daquilo outro, "cuidar da casa", e ainda ter tempo para inglês, trabalho, hidroginástica e outros afazeres... UFA!!!!

SOBREVIVI...mas confesso que foi difícil. Fiquei DESESPERADA!!! O marido ainda tentava me "acalmar", dizendo que a fase de arrumação iria passar. Mas as palavras de "consolo" pouco ajudaram! Eu realmente só enxergava aquele mundo de reformas e bagunça dentro de casa. Não conseguia pensar em outra coisa. Pensava: "Preciso me abstrair! Isso vai passar... são poucos dias, e em breve tudo vai voltar ao normal"
Mas não, não ajudou!!!

Sabe o anjinho e o diabinho que ficam no pé do ouvido, falando a todo momento??? No início eu só ouvia o diabinho...O resultado?? Eu chegava em casa mal-humorada, olhava aquela zona e chorava!!! Do nada, sem motivo algum (como sem motivo algum????)!

Pra completar, eu quase fui assaltada (na rua, enquanto eu caminhava, um motoqueiro parou e me pediu o celular) e por várias vezes estive em um cemitério macabro de Salvador para fazer reportagem...Quer energia mais negativa???? Deus me livre e guarde!!!! Ave Maria!!!!

Ah, um detalhe importante: numa das vezes em que estive no cemitério, "afundei" na cova!!! Isso mesmo! E chorei, of course!!!! Como foi??? Eu e minha equipe (cinegrafista e auxiliar), encontramos na parte de trás do cemitério uma grande quantidade de ossada humana a céu aberto, pilha de ossos queimados e covas rasas (ou seja, aquela terra já podre e sem tratamento de contenção) que afundavam com facilidade. Era como pisar em um campo minado: você nunca sabe onde está a "bomba"!!! Mas era exatamente o que procurávamos e não podíamos deixar passar!!! No faro jornalístico, aquele era o lugar ideal para gravar uma passagem (chamamos de passagem aquele momento em que o repórter aparece segurando o microfone, e é o "centro da atenção" por alguns segundos)!

Pois bem, gravei a passagem, fizemos as imagens, e na hora de voltar eis que pisei na "bomba". Meu pé afundou naquela cova nojenta e fétida! Eu estava com uma sapatilha fechada na frente e atrás, mas totalmente "exposta" dos lados e que sai do pé com facilidade! É claro que ela saiu um pouco do pé e a terra entrou ...(pausa para água e respiração calma enquanto digito e me lembro do ocorrido.)...

(de volta)...Pois é, entrou no sapato, tocou no meu pé e me fez pirar! Me agarrei ao auxiliar, gritei e as lágrimas escorreram!!! Não preciso nem dizer o quanto é nojento, não é mesmo???

Eu só pensava em sair dali! E ao mesmo tempo pensava que o "campo minado" não tinha terminado. Fui chorando e rezando, mas Deus me guiou e não permitiu que a história se repetisse!

Dali passei direto em casa. Lavei e esfreguei bem o pé, passei álcool e joguei o sapato no tanque para ficar de molho por uns dois dias. Não aguentava nem olhar para o sapato. No dia de lavar, peguei minha luva, lavei, re-lavei e deixei secar. Mas não tive coragem de usar (nem de pegar direito). Depois, quando a faxineira veio, ela lavou de novo, eu passei álcool e só aí tive coragem de usar novamente. Mas, confesso, até hoje só de olhar pra ele me lembro do cemitério.

Ok, passou e é melhor esquecer! Esse foi um dos percalços que se juntou à reforma aqui de casa.

Depois que o pintor foi embora veio a fase de arrumar tudo. Por mim, eu mesma arrumava. Mas minha médica mandou eu "parar" um pouco. Ela achou que eu estava muito agitada e isso poderia não ser bom para a gravidez. Realmente ela tinha razão. Eu estava exausta!!! Além do mais, tudo pelo bem do fofo Samuel. Preciso realmente "frear", deixar de neura e pensar no filhote (que chuta o tempo inteiro)!
Consegui uma ótima faxineira (estava com birra da outra, lembram????), que está deixando as coisas do jeitinho que eu gosto. Além do mais, a casa está ficando uma graça! A laca no armário do quarto do baby e na bancada da cozinha estão prontas. A pintura (de toda a casa e das portas agora brancas) também está pronta.

Falta a parte da decoração do quarto do baby (ainda estou nos acertos com o marceneiro), mas isso é tranquilo! Nada se compara aos caos de lixar e pintar portas e paredes, fazer laca e etc. Ah, ainda tive que mudar algumas coisas das janelas (o que também foi bagunçado) e acertar detalhes da fiação elétrica. É incrível como esse povo (pintor, pedreiro, eletricista, técnico, etc) adora fazer uma bagunça na casa da gente!

Mas passou! Estou livre, feliz e tranquila, pelo menos now!
Só de chegar em casa e me sentir "de volta ao lar" é uma maravilha!!!
E Samuel agradece também!!!!

Estou quase completando 25 semanas de gravidez, o que significa praticamente cinco meses e meio. O bebê se mexe o tempo inteiro!!! E ele deu para começar a soluçar (não é fofo demais???). A barriga literalmente pulou! Deu um salto impressionante e poucas roupas têm me servido agora. Preciso urgentemente comprar algumas "roupitchas" (especialmente para trabalhar)! Não engordei muito (estou dentro do esperado), mas acho que ainda preciso melhorar mais a alimentação! Na minha meta eu engordei um pouco mais do que deveria!

No mais, tudo anda bem! Abaixo, fotos fresquíssimas da "barriguinha" (tiradas pelo maridão)!



10 comentários:

Bel disse...

Eita, já estava mesmo fazendo muita falta! Pensei que fosse somente cansaço da gravidez, não imaginei que fosse essa loucura toda!
Mas que bom que a tranquilidade voltou a reinar!

As fotos ficaram lindas, só fiquei querendo ver a colorida que está por baixo.... hehehe

Beijão e cuidado com as "bombas" por onde anda!!! ;)

Laurinha disse...

BEM-VINDA!!!

E lá precisa pedir desculpas...

O Samuel está crescendo, e vc mais linda ainda! Parabéns!

Beijinhos,

laila disse...

q barriguinha linda...uffa só no final do post deu pra erlaxar...tava meesmo um caos sua vida em Cmila..tadinha...nao estressa nao q senao o Samuel vai chutar mais ainda!ehhe

bjs

chrises disse...

Oi Camila,

Falamos de você no encontro do domingo, que você estava sumida! Bom ter notícias, e saber que a crise passou! E a barriga!!!! Menina, parabéns pra modelo, pro modelinho e pro fotógrafo!

Anônimo disse...

Cá querida, to quase chorando de rir de vc contando o caso do cemitério! só com vc mesmo pra acontecer umas coisas dessas! hahahahaah! essa tinha q ir pra Denise Fraga no fantástico!
Ainda bem q vc esta "sobrevivida", deu até pra cansar só de vc contar! e como diz Tia Jú, vê se cria um pingo de juízo, pelo Samuca, e para q com essa coisa neurastêmica "provinda de mamis" viu? heheheh...bjoooo e até breve!
Bel - BH

Anônimo disse...

Cá querida, to quase chorando de rir de vc contando o caso do cemitério! só com vc mesmo pra acontecer umas coisas dessas! hahahahaah! essa tinha q ir pra Denise Fraga no fantástico!
Ainda bem q vc esta "sobrevivida", deu até pra cansar só de vc contar! e como diz Tia Jú, vê se cria um pingo de juízo, pelo Samuca, e para q com essa coisa neurastêmica "provinda de mamis" viu? heheheh...bjoooo e até breve!
Bel - BH

Carolina Kill disse...

Oi Cá!!!
Saudade das suas histórias malucas. Nem acreditei qd vi um post novo seu!!
As fotos estão lindas, a barriga deu um salto, e seu cabelo tá enorme!!!!
Pena q não poderei estar em BH para o chá!
Bjos,
Kill...

Anônimo disse...

Eii Camila...a Pri me passou seu blog, tadinha..estava sempre enchendo o saco dela pra saber novidades suas e do seu baby agora....
vc esta linda gravida, ta com uma barriga pequena mas linda...o bom é que o bebe que vai pegar peso e vc nao vai sofrer nada depois pra perder peso e principalemnte qdo ele nascer, pq peso em excesso na gravidez dificulta td!!!
Que bom que ele esta crescendo saudavel e lindo, pq da pra ver pelas ultrasons que ele é lindo e parece ser grandinho tb heim?!!
Tuuudo de bom pra vcs, mta saude , se cuide, e coloque sempre fotos de vcs...vou esta vindo aqui sempre!
Adorei as receitas...
um beijao pra vcs tres!!!

Suzana -Bh- França

Cláudia disse...

Olá Camila. Sou a Cláudia, e leio o seu blog em Portugal. É um dos que adicionei aos meus favoritos (acho que o descobri através do Elvira's bistrot) e apesar de já o ler há alguns meses, esta é a 1ª vez que estou a comentar. Tb já tinha notado a sua ausência. Gosto muito de ler as suas histórias, acho o seu espaço mto interessante e divertido. Que a gravidez continue a correr bem, e continue a divertir-nos com as suas "aventuras".
Cláudia

Camila Marinho disse...

Bel, que ótimo ter você por aqui.
Pois é menina!! Minha vida andava louca. Agora estou mais calma. E com certeza, longe das "bombas".. hahaha...Sobre a colorida que está embaixo, é uma fadinha.... hahaha. Bjos

Laurinha, obrigada pelo carinho de sempre. Você é uma fofa!!!! Bjos

Laila, você tem razão. Mas agora estou bem mais calma, com certeza!!! Bjos

Chris, estão tão por fora do mundo virtual que nem soube do tal encontro de domingo. Vou correndo no seu blog ver se encontro notícias. No mais, obrigada pelo carinho. Ah, o marido ficou todo feliz quando você disse: "Parabéns pro fotógrafo"... Bjos

Bel, você é quem me faz rir...
Menina, se você imaginasse o susto.... Quase falei pras caveiras: "não, não quero ir agora... Tenho um filho pra criar"!! hahaha
Qto à essa "coisa neurastêmica", já estou parando... hahaha. Bjos mil mulher!

Kill, estou tão triste que não vai poder estar em Bh para o chá!!!! Uma pena. Mas você é muito chique né? Vai estar em Santiago!!! Chiquetérrima!! Bjos mil e saudades.
Ah, fale com sua mãe!! Quem sabe ela não vai representando você??? Bjs

Suzana, Priscila sempre me contava que você perguntava da gravidez. Aí falei pra ela te passar meu blog! Que bom que veio aqui. Graças a Deus está tudo bem e tranquilo. Fico me imaginando como você: sem família aí na França (só você, o maridão e o filhote). Mas a gente sobrevive né? Obrigada pela visitinha e pelo carinho. Venha sempre por aqui. Bjocas

Oi Cláudia, que prazer recebê-la aqui. Obrigada pelo carinho, e quem bom que gosta das histórias recheadas de aventuras!!!! Um super beijo pra você!