O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

26 de outubro de 2007

Alcachofras

Pela primeira vez experimentei uma alcachofra. Sempre tive vontade (adoro provar as coisas), mas não a oportunidade. Ontem (25) chegou a vez. Fui fazer uma reportagem sobre um festival gastronômico de alcachofras promovido pelo Chef Sebastião Torres, do Les Saveurs D'Itapuã, do Hotel Sofitel Salvador.

Pra quem não conhece, a alcachofra é uma flor um tanto exótica e medicinal, da mesma família das margaridas e dos girassóis.

Tem baixíssimas calorias e uma infinidade de nutrientes, como potássio, ferro, fibras, vitaminas, etc, etc... e ainda tem efeito diurético. Só que custa caro e é difícil encontrá-la em algumas cidades. Em Salvador, por exemplo, eu nunca vi. Conversando com o Chef Torres, ele me disse que manda trazer de SP para preparar seus belos pratos.

Da alcachofra é possível consumir apenas a parte carnuda das "pétalas" e o "fundo" da flor, depois de retirados os espinhos. Dá um certo trabalho preparar, mas vale muito à pena. Achei o sabor parecido com o do palmito!!! Muito gostoso mesmo!!!!

Passo- a-passo

Depois de cortar as alcachofras, é preciso deixá-las de molho em água com limão para que não escureçam. Na foto ao lado, tem duas: uma ainda com as pétalas, e a outra já no "filé mignon", toda limpinha!!!! Repare que essa está amarrada a um limão. Segundo o chef, mesmo que ela já esteja na água com limão é preciso fazer esse procedimento para não correr o risco de escurecer.


É importante que o cozimento seja em panela esmaltada ou de aço inoxidável, já que as panelas de alumínio escurecem a alcachofra. O tempo médio de cozimento varia de 20 a 40 minutos

Depois do cozimento, o chef coloca as alcachofras em uma bacia com gelo (foto ao lado). Segundo ele, o choque térmico impede que a "flor" perca a cor e a textura.

Na hora de preparar a alcachofra, é preciso retirar o miolinho dela. Exatamente esse miolo que se vê na foto ao lado. Isso não se come.
É preciso ir tirando com cuidado, com uma faca ou colher, para que não se quebre o "coração", o "filé mignon" da alcachofra.


Uma das receitas preparadas pelo Chef Torres é Alcachofra recheada com tomate(sem pele e sem semente), manjericão, cogumelo fresco passado no azeite e queijo brie. Perfeita!
Abaixo o renomado Chef Sebastião Torres, do Les Saveurs D'Itapuã, do Hotel Sofitel Salvador, com sua "Alcachofra recheada"

E aqui, mais uma opção para saborear a alcachofra, receita assinada pelo mesmo chef. Basta retirar as pétalas e passar num molho feito com azeite, limão, mostarda e ervas. Saborosíssimo!

9 comentários:

Anônimo disse...

Oi Nazinha! estou com saudades! Adoro visitar o seu blog, é como se estivesse conversando com voce!Adorei a receita da alcachofra. Tinha medo dela!! Bjos sumida!

Kill disse...

Com certeza foi a Carlota q escreveu o post acima, hehe.. Imaginem a Camila pentelhando na cozinha do chef!!!
Um dia ainda vou provar tb!
Bjos...

Flor de Sal disse...

Eu confesso ke demorei bastante para experimentar alcachofra ... tinha um aspecto estranho!
Já experimentei, gostei muito, pena ser um pouco caro!
Beijinhos de Portugal!

risonha disse...

eu só provei corações de alcachofra enlatados e é muito bom. adorei a sua reportagem.

Camila Marinho disse...

Morena (Carla), saudades de você também. Sumida! Vamos ver se preparamos uma alcachofra quando eu for para Bh ou você vier para cá. bjos

Kill, com certeza foi a Carla. Não tem nem dúvida né? Você não imagina como falei na cozinha do chef!!! rsrsrs....

Flor de sal, aqui também é muito caro, o que é uma pena. Mas é gostoso viu.....

Risonha, que sucesso!!! Corações de alcachofra enlatados!!! Deve ser gostoso! Mas também deve ser um pouco salgado. Bjos

Laurinha disse...

Sabe, alimenteção, ou melhor, hábitos alimentares são construídos na família... na casa de meus pais nunca se fazia alcachofra.
A 1ª vez que vi na casa de minha sogra - na ocasião ain da era solteira achei super esquisito, não me aventurei a experimentar. Até que, na safra seguinte, me muni de coragem e.... que delícia, adorei!!!
Adorei seu post!
Beijinhos,

Camila Marinho disse...

Laurinha, eu sou do tipo que experimenta tudo... Pra gente saber se algo é bom ou não, só mesmo experimentando.. Você é prova disso. Bjos

Valentina disse...

Ai que delícia.De dar água na boca mesmo.

Regiane disse...

Aqui nos EUA tem e muita, sempre tive vontade de comprar, so nao sabia como fazer, compro mais congelada no pacote e so descongelar e fazer, gosto de fazer salada com ela, vou experimentar fazer desse jeito ai.
Bjos