O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

31 de julho de 2009

De quarentena...

Não, não é por causa da gripe suína.

É por causa de uma conjuntivite braba!!! Meu olho esquerdo está inchado...quem olha pra mim deve achar que sou mais uma vítima da violência contra a mulher. Começou ontem à noite!!! E o pior é que o olho direito está começando a ficar remelento, primeiros sinais de uma conjuntivite.

E pra ficar ainda pior, Samuel está com o olho direito um pouco vermelho e um tiquitito remelento.

Fomos (os dois) para o médico hoje. Ele receitou colírios e muita, muita compressa de soro fisiológico gelado. Para Samuel só o soro mesmo, já que a dele está levinha... Mas se piorar, vai ter que usar colírio.

No meu caso, restou um atestado de cinco dias. Eu estaria de plantão no fim de semana, mas pelo visto não tem plantão certo.

De onde veio a conjuntivite???? Tudo começou com a babá de Samuel. E olha que ela nem veio trabalhar na terça e na quarta-feira. Mas quando voltou e achou que estava boa...passou pra mim!!!

Eu, que já estava lavando as mãos toda hora por causa da conjuntivite DELA, agora lavo as mãos de segundo em segundo por causa da MINHA conjuntivite. Pra quem não sabe, não se pega conjuntivite pelo ar...e sim pelas mãos. Basta eu tocar os olhos e encostar em algo para abrir as portas para outra pessoa ser contaminada (basta essa pessoa tocar no que eu toquei e levar as mãos aos olhos). Entendeu???

Pois é...estou parecendo alguém com TOC - Transtorno obsessivo compulsivo. Lavo as mãos a todo instante e passo álcool em tudo o que eu pego...

Salvador viveu um surto de conjuntivite recentemente. Conjuntive viral, a que demora mais a passar! E agora eu fui premiada.

*******

E pensar que amanhã, dia primeiro, faz um ano que minha mãe veio para Salvador esperar pela chegada de Samuel (que acabou nascendo dia 10 de agosto)!

Como o tempo passa rápido. Há um ano atrás eu vivia a expectativa pela chegada do meu biscoitinho, meu bebeco lindo! E enquanto ele não vinha, eu e mamys fazíamos orgia gastronômica na cozinha. Matei saudade neste post aqui.

E relendo os posts da época do nascimento de Samuel, me deparei com este aqui. Ele foi escrito há exatamente um ano atrás, dia 31 de julho, às 22h57, mas ou menos nesta mesma hora. Incrível notar o passar do ano desta forma, relendo um post sobre a expectativa pela chegada de "Sam".

Vale a pena ler de novo!!!



RECADINHO PARA NATHI, MÃE DA ANINHA: Tenho enviado e-mail para você mas sempre volta! Quero o acesso para acompanhar a abelhinha!!!

26 de julho de 2009

Dia da avó



Ser avó é sentir felicidade
É conhecer um amor doce, profundo,
É viver de carinho e ansiedade,
É resumir nos netos o seu mundo!
Ser avó é voltar a ser criança,
É fazer tudo pelo neto amado...
É povoar a vida de esperança,
É reviver todinho o seu passado.
Ser mãe é dar o coração, eu creio...
Mas ser avó... que sonho abençoado!!!
É viver de ilusão, num doce enleio,
É viver no neto o amor ao filho amado!

(Texto retirado da internet - autor desconhecido)




A homenagem final é fruto do intensivão.

22 de julho de 2009

Celebrando amigos

No último domingo teve reunião de amigos com direito a mesa farta (claro) e muitas risadas.

Como já é sabido, motivo para esses encontros não faltam...às vezes costumamos até inventar alguma comemoração, só para nos reunirmos. Desta vez foi para brindar a amizade em função do Dia do amigo (ou Dia Mundial da Amizade??), celebrado no dia 20/07.

O cardápio foi temático e pensado no Chile e na gripe A. Deixa eu explicar: queríamos fazer uma brincadeira com uns amigos que tinham acabado de chegar de férias do Chile, país que concentra muitos casos na nova gripe.

De entrada, o dono da casa fez ceviche, prato cuja origem é disputada entre o Chile e o Peru. Ceviche nada mais é do que peixe (ou frutos do mar) marinado em suco de limão, o que acaba "cozinhando" o peixe e deixando-o com a carne firme e opaca. Ele usou salmão, atum e camarão (este previamente fervido), além de cebola roxa e pimenta dedo-de-moça. Os frutos do mar ficaram marinando de um dia para o outro no limão e nos temperos, o que deixou o ceviche com um sabor delicioso.



O prato principal foi um lombo (afinal, porco lembra gripe suína) feito com missô - uma massa de soja - e sakê. Simplesmente perfeito.

Pra acompanhar, um risoto de pato no tucupi. Pra quem não sabe, tucupi é um líquido amarelo retirado da mandioca. Ele é feito junto com jambu, uma verdura típica do Pará que tem propriedade anestésica, causando um pouco de "dormência" na boca. Na verdade deu o maior barato...



Sim, foi uma grande mistura de cores, aromas e sabores. Mas por incrível que pareça, até que combinou...

Além de alguns pratos serem, de alguma forma, relacionados à gripe suína, ainda fizemos uma brincadeira com os amigos que chegaram do Chile. Usamos máscaras e toucas. E a japa Sílvia ainda usou uma roupa especial, como bem pode ser visto na foto abaixo...



Eu fiquei encarregada da sobremesa. Mas sinceridade?? Achei que ficou horrível. Eu queria fazer um pavê de frutas vermelhas. Mas frutas vermelhas em Salvador significa apenas morango, já que amora, framboesa e outras só existem aqui nas fotos. Então fiz um pavê de morango, mas não gostei nada da textura, nem do sabor. Por isso não posto a receita aqui.

No fim do dia fizemos um amigo oculto de presentes reciclados (leia-se: coisas que tínhamos em casa) para comemorar o dia do amigo!



Só para constar: a reunião começou no sábado, numa noite de vários tipos de fondue: queijo, carne e chocolate. O último feito por mim. E este sim ficou gostoso.

Usei uma barra de chocolate meio amargo e uma barra de chocolate ao leite. Derreti em banho-maria e depois acrescentei uma colher de sopa de conhaque e uma lata (sem soro) de creme de leite. Para acompanhar, morangos, manga, uvas e kiwi.

21 de julho de 2009

De longe a homenagem...

Hoje é (mais) um daqueles dias em que eu daria tudo para estar em Belo Horizonte.

Só para beijar, abraçar e dizer te amo para mamys, afinal é o aniversário dela!!!

De longe, vai a homenagem. Feita com amor e carinho pelo netinho. Graças ao intensivão!



Mãe, te amo! Feliz aniversário!!!

19 de julho de 2009

Intensivão

O curso intensivo (para falar vovó) está mais intensivo do que nunca...

Como Samuel tem até agosto para estar com a "vovó" na ponta da língua, precisei intensificar o curso. Afinal, não basta apenas falar vovó. Tem que reconhecer a vovó, que infelizmente mora longe.

Dei a ele uma foto da vovó (com ele pequetitito no colo dela) para treinamento. Com esse intensivão, a foto já está um bagaço. Mas se o que importa é o resultado.... é preciso investir!

Para alegria geral, ele adora ficar com a foto na mão. E já demonstra que não vai demorar a falar vovó... Fico dizendo: VOVÓ, VOVÓ, VOVÓ...

E ele: uó uó... uó uó....

Cada um escuta o que quer né???

17 de julho de 2009

Em estado de graça...

O dia continua sendo de festa, muita festa. Depois de assistir (sorrindo) a derrota do Cruzeiro quarta-feira, na Taça Libertadores, minha alegria continua com o Galo mais lindo do mundo.

Em jogo no Mineirão, nesta quinta-feira, o Atlético passou por cima do São Paulo. Venceu por 2 a 0, e voltou a liderar o Brasileirão. Tem 24 pontos e 72% de aproveitamento no Campeonato. Que Deus preserve assim!

A próposito, a piadinha do dia envolve dois assuntos em alta no momento: Cruzeiro e Michael Jackson. O que os dois tem em comum? Prometeram show, venderam ingressos... e morreram em casa.

Samuel se acabou na risada. Esse daí já mostra que é atleticano desde a barriga da mãe... Veja só o vídeo.

16 de julho de 2009

Que me atirem pedras...

mas eu não escondo o sorriso no rosto pela derrota do Cruzeiro na Copa Libertadores!

:D

Comigo não tem essa de patriotismo quando o assunto é o time adversário.

Era Cruzeiro x Estudiantes...E não Brasil x Argentina!

E é claro que diante disso eu não poderia dormir sem antes deixar meu comentário aqui.

Dava tudo para estar em Belo Horizonte e ver a carinha de decepção dos cruzeirenses que, diga-se de passagem, já se consideravam campeões.

Já não sei o que é melhor: ver o Galo despontar no Brasileirão...ou o Cruzeiro perder em casa!!!

14 de julho de 2009

Encontro da primeira idade...



Baba para baiano é o famoso futebol entre amigos no fim de semana. O que a gente, em Minas, chama de pelada ou racha. E "Baba dos bebês" é o nome do encontro que acontece mensalmente entre pais, mães e bebês aqui de Salvador. O último foi no sábado passado na praça Ana Lúcia Magalhães, no Bairro da Pituba.

A foto acima explica o nome do encontro. Viu só que basta ter uma bola para virar o baba dos bebês??? Na foto, Samuel e Vinícius, um dos companheiros do "time".

E olha só quanto bebê e criança! A foto abaixo foi tirada pela idealizadora do projeto, Nádia, autora deste blog aqui.



Outra foto da Nádia...Aqui, o registro de como esses encontros são gostosos. Além da interação entre os bebês, tem interação entre pais e mães. Isso tudo significa troca de experiêcias, novas amizades e, claro, viver a vida...



No encontro de sábado, em plena praça, teve aula de musicalização infantil com a professora Angelita Broock. Na foto abaixo (by Nádia), eu e Samuca no momento da aula.



Samuel adorou...



Pausa para um piquenique na praça. Samuel e seu lanchinho, a banana!



O interessante do encontro ter acontecido na praça foi ter a chance de curtir o local depois. Ótimo lugar para as crianças se divertirem. Samuel foi de piscina de bolinha (10 minutos por R$3). Tudo bem que não foi barato($$$), mas foi um barato ver bebeco se divertindo...



Farra da primeira idade...



E pra completar, ainda teve teatro na praça (feito por uma companhia independente). Fica aí a dica do lugar (e do "baba dos bebês", ainda sem definição de data e local).

11 de julho de 2009

Falta pouco...

Daqui a um mês Samuel faz um ano. Não vou fazer festa, isso já está definido. Mas um bolo bonito vai ter. Alguns balões, talvez. E também cachorro-quente e docinho, como nos aniversários de antigamente. Esse negócio de festa grande para aniversário de um ano não é comigo. Gasta-se muito e diverte-se pouco (o aniversariante).

Ontem meu bebeco completou onze meses. Teve bolinho, parabéns e palminhas. E viva Samuel!



Com 11 meses...

Samuel já anda
Já tem um dentinho inteiro e a pontinha de outro
Ainda mama no peito (de noite e de manhã)
Fala fluentemente pelo menos uma língua: o nenenhês
Fala áaaaa, quando vê a água dele na garrafinha
Fala bó quando vê a bola
Fala mamãe para a mamãe
Fala mamãe para o papai
Fala bá quando vê a banana (e às vezes outras frutas também)
Fala au-au quando vê o cachorro (e às vezes chama com a mão, como eu ensinei)
Dá tchau
Fala um "eiiii" bem alto e forte quando vê algumas pessoas conhecidas e as mesmas ainda não falaram com ele (tipo chamando a atenção, entendeu??). Só sossega quando a pessoa fala com ele.
Bate palminha
Dá muitas gargalhadas e risadas
Dá uma risada nervosa quando vê o prato de comida
Dá uma risada ainda mais nervosa quando eu pergunto: quer mamar?
Faz muita manha, principalmente quando está perto de mim
É muito sociável
Come tudo o que a gente oferece
Ama laranja (chupa até o bagaço)
Ama banana
Ama mais ainda pinha (ou fruta-do-conde, como chamamos em Minas)
Quando estamos comendo ele fica parecendo um cachorrinho pedindo comida
Definitivamente não gosta de mamadeira
Só usa bico para ajudar a dormir
Desce direitinho da cama
Aponta para tudo o que vê
Adora se enroscar na cortina do meu quarto (e dá muitas gargalhadas quando eu chego perto dele para tirar)
Faz não com a cabeça e com o dedinho
Sabe o que é um não
Sabe que está fazendo algo errado só pelo tom da minha voz
Adora arrastar cadeiras
Detesta que fiquem pegando nele
Não pode ver um buraco que quer enfiar a mão
Não pode ver um cisco no chão que quer logo pegar e enfiar na boca
Toma remédio numa boa
Não é muito fã de suco, mas come todo tipo de fruta
Adora água
Algumas vezes, quando eu chamo a atenção dele (como neste exato momento, em que fiz um psiuuuuuuuu alto e forte), ele fecha os olhinhos e faz um beicinho lindo de choro.
Quando ele pega meu peito forte e eu falo um aiiii ele olha pra mim e chora magoado
Tem uma personalidade muito forte (talvez explique ele ser do signo de Leão)
Adora tomar banho
Adora o controle remoto
Faz uma cara de "afogado pedindo socorro" quando, no banho, a água escorre pelo rosto dele. E o pior é que ele pede socorro mesmo: abre os braços e vem em minha direção!
Adora abrir e fechar porta
Às vezes, quando ele está andando ou engantinhando, e eu falo: vou pegar Samuel... ele sai correndo de mim
Adora ligar e desligar o aparelho de DVD
Tem umas cordas vocais poderosas, e grita que é uma beleza
E agora tá fazendo um curso intensivo para aprender a falar vovó (tem até agosto para aprender, já que precisa chegar em BH com a VOVÓ na ponta da língua).

Esse é meu bebeco Samuel!

Feliz mêsversário meu filho!

10 de julho de 2009

Dicas... de viagem a livros!

Com família morando longe, eu estou sempre de olho nos sites das companhias aéreas em busca de alguma promoção!

E nesta semana achei uma fantástica. A partir de agosto a Azul Linhas Aéreas abrirá vôos partindo de Salvador para Belo Horizonte. E para chamar a atenção do passageiro, baixou as tarifas. Passagens a partir de R$99,00!!! Ficou interessado? Clique aqui.

Bom, e a TAM, para não ficar atrás, baixou também suas tarifas. Comprei ontem passagem para Belo Horizonte (em agosto) por R$99,50 cada trecho! Bom demais.
Para entrar no site da TAM basta clicar aqui.

******

E hoje o post é só com dicas. Para quem mora em Salvador e tem filho pequeno, amanhã, sábado, tem encontro de pais, mães e bebês. É o "baba dos bebês". Desta vez o encontro vai ser ao ar livre, numa praça da Pituba. Para informações, clique aqui.

******

E vamos que vamos, porque tem mais dicas!!!!

Agora sim, de livros infantis. Recebi o e-mail abaixo e decidi repassar. O interessante é que é por faixa etária. Super interessante.

A partir de 1 ano
- "O que é que tem o meu cabelo?" de Satoshi Kitamura, Ed. Companhia das Letrinhas

A partir de 2 anos
- "Onda" de Suzy Lee, Ed. Cosac Naify
- "Anacleto" de Bartolomeu Campos de Queirós e ilustrações de Júlia Bianchi, Ed. Larousse Júnior

A partir de 3 anos
- "Como Começa?" de Silvana Tavano e ilustrações de Elma, Ed. Callis
- "Pula, Gato!" de Marilda Castanha, Ed. Scipione
- "ZOO" de João Guimarães Rosa e ilustrações de Roger Mello, Ed. Nova Fronteira
- "ABC Curumin já sabe ler!" de Bia Hetzel e Silvia Negreiros e ilustrações de Mariana Massarani, Ed. Manati
- "Grande Livro dos Medos" de Emily Gravett, Ed. Salamandra
- "Olivia ajuda no Natal" de Ian Falconer, Ed. Globo
- "A verdadeira história de Chapeuzinho Vermelho", texto e arte de Agnese Baruzzi e Sandro Natalini, Ed. Brinque-Book

A partir de 4 anos
- "Mas por quê??! A história de Elvis" de Peter Schössow, Ed. Cosac Naify
- "Até as princesas soltam pum" de Ilan Brenman e ilustrações de Ionit Ziberman, Ed. Brinque-Book
- "Mamãe zangada" de Jutta Bauer, Ed. Cosac Naify
- "O gato e o escuro" de Mia Couto e ilustrações de Marilda Castanha, Ed. Companhia das Letrinhas
- "A E I O U" de Angela Lago e Zoé Rios, Ed. RHJ
- "De passagem" de Marcelo Cipis, Ed. Companhia das Letrinhas
- "A história de tudo" de Neal Layton, Ed. Companhia das Letrinhas
- "Comilança" de Fernando Vilela, Ed. DCL

A partir de 5 anos
- "O livro inclinado" de Peter Newell, Ed. Cosac Naify
- "Na noite escura" de Bruno Munari, Ed. Cosac Naify
- "Sete histórias pra contar" de Adriana Falcão e ilustrações de Ana Terra, Ed. Salamandra
- "As cartas de ronroroso" de Hiawyn Oram e ilustrações de Sarah Warburton
- "Folha" de Stephen Michael King, Ed. Brinque-Book
- "Só meu" de Mario Quintana e ilustrações de Orlando, Ed. Global

A partir de 6 anos
- "As meninas e o poeta" de Manuel Bandeira e ilustrações de Graça Lima, Ed. Nova Fronteira
- "O menino poeta" de Henriqueta Lisboa e ilustrações de Nelson Cruz, Ed. Peirópolis
- "Mitos brasileiros em cordel" de César Obeid e xilogravuras de Ernesto Bonato, Ed. Salesiana
- "Kachtanka" de Anton Tchekhov e ilustrações de Guenádi Spirin, Ed. Cosac Naify
- "Histórias à brasileira 3" de Ana Maria Machado e ilustrações de Odilon Moraes

A partir de 7 anos
- "O namorado da fada" de Ziraldo, Ed. Melhoramentos

E pra continuar no tema Literatura Infantil, tem o site www.cucabacana.globo.com com entrevistas, textos, sugestões e muito mais. E o blog www.lerparacrescer.com.br, feito por Cristiane Rogerio.

******

O REI!

Hoje e amanhã eu só saio de casa se for para algum lugar que tenha televisão e muito silêncio. Afinal, tem o Rei Roberto Carlos!!!

Hoje, num especial no Globo Repórter. E amanhã num show que promete no Maracanã. Ambos na Rede Globo.

8 de julho de 2009

Video

Tem guaraná na geladeira?? E milho para pipoca no armário da cozinha???

Se não tiver, vá comprar. Depois do guaraná gelado e da pipoca quentinha, vem ver Samuel andando...

Vídeo feito nesta semana.

2 de julho de 2009

Independência

Hoje é feriado na Bahia. É o 2 de julho, a comemoração da Independência do Brasil na Bahia, que teria ocorrido em 1823. Os baianos sempre sustentaram a tese de que foi neste dia que as últimas tropas portuguesas realmente saíram do país.

Por isso, como o baiano já gosta de festa, hoje é um daqueles dias. Tem desfile cívico por algumas ruas e.......festa, muita festa! Mais tarde tem show de Claudia Leitte (de graça) no Farol da Barra.

E enquanto os baianos festejam a independência da Bahia, eu festejo a independência do meu "bebeco", que já está um rapaz!!!

Samuel, que já andava se apoiando em tudo e arriscava uns passinhos sem segurar em nada, desde terça-feira começou a andar ainda mais. Ele agora dá uns 20, 30 passos e de repente se desequilibra e cai de bunda. Ontem, quando cheguei do trabalho, ele estava em pé brincando. Quando me viu, disparou a andar feliz em minha direção! Foi tão lindo!!!

E além de andar, já está com atitudes bem independentes, como segurar a garrafinha para beber água. Uma graça!



E comendo banana sozinho???



Mas o melhor de tudo é ver "bebeco" subindo e descendo escada. Agora que aprendeu a fazer isso, não pode ver um degrau ou escada. A foto abaixo foi tirada no fim de semana prolongado (de São João). Acredite ou não, ele subiu sozinho degrau por degrau. Mas é claro que maridão ficou colado nele.



E diante disso tudo, só me resta redobrar a atenção!!!
Mas cá para nós, é ou não é para deixar qualquer mãe orgulhosa???