O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

11 de outubro de 2007

Porque ler é bom....

Logo após o almoço estarei na estrada a caminho de Arapiraca (Alagoas), a terra do meu marido. Na bagagem, livros, livros e mais livros.... alguns para colocar a leitura em dia, outros para dar de presente aos nossos sobrinhos.

O Dia das Crianças vai ser recheado de livros. Adoro dar este tipo de presente, especialmente para crianças. É uma maneira de estimular a leitura, pouco praticada no Brasil, especialmente no interior do Nordeste.

Na série de reportagens que fiz para a semana das crianças, abordei a relação delas com o mundo dos livros. Algumas das crianças que entrevistei adoram ler e são frequentadoras assíduas de bibliotecas. São meninos e meninas super desenvoltos, com imaginação a correr e bastante inteligentes. E de todos que entrevistei, a maioria cultiva a prática da leitura porque recebeu algum tipo de estímulo para isso: ou a mãe é escritora, ou os pais dão livros de presente, levam à biblioteca.......

Conheci um bebê super fofinho, de 5 meses, que é levado pelo pai à Biblioteca Pública só para ficar a ver as prateleiras repletas de livros e ouvir as histórias que são contadas ali. Achei muito bacana e inteligente, porque a leitura deve ser estimulada bem cedo, ainda na barriga da mãe. Sim, porque há estudos que comprovam o quanto é importante começar a contar histórias desde a gravidez. (na foto ao lado, uma contadora de histórias na biblioteca)

Por outro lado, conheci crianças que pouco (ou nada) têm acesso a livros! Meninos e meninas de rua, que convivem com as drogas e a criminalidade. Em Salvador, há uma ONG muito legal que dá a oportunidade de uma vida melhor para essas crianças. É o projeto Axé, que tem, entre as suas ações, o "Axé Buzû". É um ônibus que se transforma em biblioteca e, no lugar de bancos, traz prateleiras repletas de histórias infantis. Cada semana este ônibus estaciona em lugar da cidade para levar solidariedade e educação! E é muito interessante notar que os meninos de rua adoram ir para lá e ouvir histórias.. Passam horas imersos em livros que os fazem esquecer da dura realidade. (Na foto acima, à direita, o ônibus parado no bairro do Comércio)

Receitinha (básica e fácil) para o feriado: Fricassê de Frango


INGREDIENTES:
1 lata de creme de leite
1 lata de milho verde
1 copo de requeijão cremoso
100 g de azeitona sem caroço
2 peitos de frango desfiado
200 g de mussarela fatiada
100 g de batata palha
1/2 xícara de água
1 pitada de sal

MODO DE PREPARO:
Bata no liquidificador o milho, o requeijão, o creme de leite e a água. Refogue o creme do liquidificador com o frango desfiado, as azeitonas e o sal até ficar com uma textura espessa. Coloque o refogado numa assadeira, cubra com mussarela e espalhe a batata palha por cima. Leve ao forno até borbulhar.Sirva com arroz branco.

6 comentários:

pipoka disse...

Aqui em Portugal, o fricassé é um molho que simplesmente detesto, feito com gemas e limão. Mas o seu é... de outro campeonato! Finalmente, encontrei um fricassé delicioso! Boa! Vou já anotar

Marizé disse...

Camila: Concordo com a Pipoka, este souflé naõ tem nada a haver com o que conhecemos aqui em Portugal, parece-me uma delicia.
Beijocas e bom fim de semana

Marcel Miwa & Nina Moori disse...

Minha paixão por livros começou cedo, com o estímulo dos meus pais...sempre ganhava livros de presente.
abs,
Nina.

Camila Marinho disse...

Pipoka e Marizé, realmente este fricassê é um espetáculo. E o melhor: fácil, fácil de fazer....

Nina, é sempre assim. A paixão por livros precisa ser despertada....

bjos

Valentina disse...

Gostei muito desta tua receita. Deliciosa.

Nani do Paulo disse...

É realmente uma receitinha muito fácil e deliciosa! Uma das minhas prediletas!