O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

10 de janeiro de 2008

Variações do "boi ralado".....

Não sou lá muito fã de carne moída (o que carinhosamente chamo de "boi ralado"), mas aprecio as variações feita com essa carne tão pouco apreciada pelas pessoas.

Outro dia fiz um prato 3 em 1 (prático, rápido e gostoso) com "boi ralado" aqui em casa.... Bom para comer com um arrozinho ou até sem nada mesmo.

Vamos então ao passo-a-passo. Misturei à carne moída um pouco de sopa de cebola, um ovo e salsinha picadinha. Abri a carne (pode ser com um rolo) em cima de uma folha de papel alumínio e lá coloquei: tomate picadinho, milho, azeitona e bastante catupiry. Fui enrolando como um rocambole e levei a carne ao forno envolta pelo papel alumínio. Depois de cozida (mais ou menos uma meia hora no forno médio), abri a folha de alumínio só para dar aquela douradinha.
Depois do "bronze", foi só partir e comer...
Uma observação: o recheio varia conforme o gosto e a criatividade do cozinheiro.

8 comentários:

Eliana Scaramal disse...

Eu acho a carne moída um coringa e olha eu acredito que você esteja engana pois ela não é pouco apreciada não viu, pelo menos não por essas bandas. :) Está um luxo seu rolo de carne!

Laurinha disse...

Voilá!
Lindo, gostoso, prático, rápido...
Viu?

Beijinhos,

Marizé disse...

Concordo, também não sou aperciadora de carne picada, e quando uso prefiro picar em casa, mas este rolo de carne está com óptimo aspecto e gostei muito do recheio.

Beijocas

risonha disse...

aí está uma coisa que eu gostaria que fosse o meu almoço hoje.. adorei essa tua variação de rolo de carne.

Camila Marinho disse...

Eliana, Laurinha, Marizé e Risonha, realmente vale experimentar. E o legal é que cada um escolhe o recheio que gostar mais. Bjos

chrises disse...

Oi Camila
Quando eu era menina, detestava carne moída também - aquela com batata e cenoura, que, pelas nossas origens pode ser que fosse parecida na sua casa... tinha outra com (argh!!) extrato de tomate, que dava um molho ralo estranho...

Depois de adulta e independente (rs!) hoje eu gosto mais para o dia a dia dela do que daqueles bifes "normaizinhos" fininhos - ou seja, ou eu como CARNE, do tipo picanha, ou um medalhão, ou uma parrilla argentina, ou eu gosto mesmo é de uma almôndega, bolo de carne, espaghetti a bolonhesa, etc.

Mas o que eu gostei mesmo foi do apelido carinhoso! Adorei! Vou adotar!

beijos

chris

Camila Marinho disse...

Chris, sei exatamente de qual carne moída está falando, com batata e cenoura. Típico mesmo. Lá em casa ainda colocava milho. rsrsrs...
Eu também não era lá muito fã, mas aprendi a gostar. Também gosto mais dessas variações. Quanto ao apelido, é carinhoso, não é mesmo??? rsrsrs.

Bjos

Eudemim disse...

Camila,
Cheguei aqui porque escrevi “rolo de carne moida” na página de busca do google e o termo “boi ralado” despertou a minha atenção.
Sou portuguesa, vivo em Angola e fui encontrar uma receita deliciosa em São Salvador inventada por uma capricorniana como eu !! Que viagem alucinante !!
Bjos