O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

17 de janeiro de 2008

O que é que a baiana tem...

Já comentei aqui como o baiano ama festa, e que até festa religiosa vira festa profana. Ou seja, é tudo festa mesmo.

Hoje é dia de Senhor do Bonfim, portanto dia da lavagem das escadarias da Igreja, um ritual cumprido há 254 anos. Dia em que povo veste branco e vai homenagear Senhor do Bonfim. E logo depois, dá-lhe FESTA! Tem a Enxaguada do Bonfim, promovida por Carlinhos Brown e com participação especial de Beth Carvalho, além do Bonfim Light, festa que vai reunir Asa de Águia, Jammil e Rappazola.

E não é só. A data coincide com o Festival de Verão, que começou ontem e vai até sábado. Uma festa que reúne grandes nomes da música baiana e brasileira, além de uma atração internacional, Eagle Eye Cherry.

Ah, e não posso me esquecer de outras inúmeras festas que rolam pela cidade.
Isso tudo mostra que janeiro vai ser curto para tanta festa. No fim do mês, dia 31, começa o carnaval. É claro que, na terra da folia, o que mais vai acontecer até lá são festas. Imagino uns "300" ensaios (preparatórios para o carnaval), umas "500" feijoadas (baiano vive fazendo feijoada pré-carnavalesca) e mais um monte de "reggae" (como o baiano apelida a farra) por aí afora....

No meio disso tudo estamos nós, jornalistas, loucos para cobrir tudo o que acontece na cidade. Ontem estive no Festival de Verão, que estava lotado por sinal. O que mais me chamou atenção foi a musa baiana, Ivete Sangalo. Como essa mulher move multidões!!!! E tudo isso pelo carisma dela. É impressionante a maneira como Ivete Sangalo trata as pessoas. Com respeito, carinho e atenção. E sempre foi assim. Eu, que já tive oportunidade de entrevistá-la em vários momentos, nunca a vi de cara fechada, impaciente ou mal educada. Sempre atende aos pedidos dos fãs, pára, pega na mão, tira foto, sorri e manda beijos. Obrigação de artista???? Pode ser, mas nem todos são assim.

Não vou citar nomes, mas aqui na Bahia há alguns deste tipo, que não passam de uma geladeira. São superficiais, e às vezes tratam os fãs sem um pingo de entusiasmo.

Mas Ivete é Ivete. Ontem, assim que chegou ao Parque de Exposições (onde acontece o Festival), ela foi falar com os fãs. E era tanta gente que eu via a hora da grade que a separava do povo ir ao chão (foto ao lado, à esquerda).
O segurança, coitado, parecia uma formiguinha esmagada por uma manada de elefantes (foto abaixo, à direita)

No meio desse tumulto todo, acabei chegando pertinho dela e tentei uma entrevista. É óbvio que ela não virou as costas (como muitos artistas adoram fazer). Pelo contrário. Conversou comigo. Disse que se sentia abençoada e que estava muito feliz.

Papo vai, papo vem, empurra daqui e dali, e lá estava eu quase tropeçando em meio a tantos seguranças ao redor dela. E Ivete já foi logo falando: - Cuidado com a "bichinha" (expressão carinhosa muito usada pelos baianos). Simpaticíssima, ela ainda tirou foto com um fã (ela mesma pegou a máquina dele) e mandou um beijo.

Acho que esse jeito dela não tem nada de forçado. É natural de Ivete, faz parte de seu carisma. É por isso que por onde vai arrasta multidão!!! Na foto ao lado, os fãs que chegaram cedo para ficar no "gargalo", na boca do palco, e assim ver a baiana mais de perto.

Abaixo, uma foto meio fundo do baú. Eu, ao lado de Ivete, no meu primeiro carnaval na Bahia, em 2006. Também está na foto o cinegrafista Mitão. Confesso que foi neste dia que realmente senti a força e a energia do carnaval na Bahia. O dia em que eu saí em cima do trio dela e a acompanhei do início ao fim do percurso, que durou quase 8 horas. Foi no circuito do Campo Grande, o mais tradicional do carnaval baiano, quando ela recebeu a rainha dos baixinhos, Xuxa, para um dia de folia.

Naquele dia eu vi o que é o Carnaval em Salvador. Hoje, se me perguntarem, eu canto logo:
"Ô maluquete de quem você é tiete? Eu sou, sou tiete da Ivete"


5 comentários:

Laurinha disse...

como é gostoso brincar o carnaval... pena que não dá mais, pq, em cima do carro não dá, e em baixo, muuuuuuuuuita loucura!
Beijinhos

Nani do Paulo disse...

Eita que eu fiquei foi com dó desse segurança, hahaha
Bahia é mesmo o lugar das festas, sou louca pra passar um carnaval por ai.
Beijos e bom fim de semana!

thuca disse...

amada
Como é bom ver Ivete sempre sorrindo e ela mesma sem mascara que muitos famosos usam...
só tem outro artista que pensa como ela "Fã merece respeito"
Vc já entrevistou o pudim?? ( cantor Daniel) eita menino cheiroso sempre rindo Hje fiquei sabendo que ele estara ai em Salvador eita queria estar ai na cidade..
Mas como é impossivel
Por favor aproveitei por mim OK e mande pelo blog fotos do festival ok
bjs
* Adoro vir ao seu blog e ter noticias da terrinha querida
thucablog.zip.net

Lílian disse...

Que inveja boa de você, Camila!
Eu vi a Ivete uma vez só, e pasme, no aeroporto de SP às 6h15 da matina com óculos escuro e travesseiro nos braços. Fiquei com dó de abordá-la.
Bom carnaval!

Camila Marinho disse...

Laurinha, mas é tão gostoso... A energia é tãoooo boa!!! Bjos

Nani, tem mesmo que conhecer o carnaval da Bahia. Iria se apaixonar!!! Quem sabe você não vem esse ano?? Bjos

Thuca, Ivete acho que é unanimidade. A simpatia dela conquista a todos. Quanto ao Daniel, ou "Pudim" (não sabia desse apelido..rsrsrs), eu já entrevistei sim, uma vez. Foi muito simpático e educado. Caso não esteja enganada foi há uns 6 meses (no máximo). Ele ainda estava usando uma tala no braço por causa do acidente. No fim da entrevista me deu um Cd e DVD autografado. Legal né?? Bjos

Lílian, realmente devia dar dó. Mas tenho certeza de que, se você abordasse, ela não iria fazer cara feia. Bjos. Ah, um detalhe: hoje ela não frequenta mais aeroporto, afinal tem o próprio jatinho. Chique né??? Bjos