O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

21 de setembro de 2007

7 fatos marcantes da vida

Outro dia vi essa idéia num dos vários blogs por onde passeio e decidi fazer também.
Falar sobre 7 fatos marcantes da vida não é tarefa das mais fáceis, afinal nossa vida é cheia de fatos marcantes. Não coloquei por ordem, mas pelo que veio passando pela cabeça.

1 - O dia em que deixei Belo Horizonte, há 3 anos e 8 meses. Eu estava com 23 anos de idade e saí de casa em busca de realização profissional. Eu tinha sido chamada para trabalhar em Maceió, como repórter, e não pensei duas vezes. Parti para Alagoas sem conhecer nada, nem ninguém. Nem ao menos a cidade eu conhecia. E foi lá que comecei a subir os primeiros degraus da escada. Vivi um ano e meio em Maceió, e confesso: sinto saudade!

2 - Meu primeiro prêmio de reportagem. Foi em Alagoas, na premiação Banco do Brasil / Petrobrás de Jornalismo. Eu havia inscrito duas matérias: uma sobre a vida de moradores de rua, e outra sobre uma fraude no SUS. Me lembro que na noite da premiação rolava um boato de que tinha vazado o nome do premiado. A história que contavam era de que um repórter da BAND iria vencer. Por isso, eu nem esperava ganhar. Só que não passou mesmo de boato!!!! Saí de lá com as duas reportagens vencedoras: uma na categoria telejornalismo e outra na categoria máxima (onde concorrem reportagens de rádio, tv e jornal juntos)!!!
Depois disso, no ano seguinte, acabei ganhando outro prêmio (também na categoria máxima), com uma reportagem sobre prostituição infantil!!

3 - Meu casamento. Nunca me imaginei casando, e muito menos tinha o sonho de casar de véu e grinalda na Igreja. Mas acabei casando e hoje sou muito feliz!!! No altar, durante a cerimônia, passava um filme na minha cabeça e eu não conseguia pensar outra coisa, a não ser: "Camila, você está casando".

4 - Fim de semana em clubes e sítios. Quando criança, meus fins de semana se resumiam a este tipo de diversão (que eu adorava!!!). Um programa típico de mineiro (afinal, não temos praia). Ao lado de irmãos e dos vários primos, nos divertíamos na piscina ou brincando em cima de um monte de terra. Êta saudade!!!

5 - Natal na casa da minha avó, com família reunida e muito presente a ser distribuído !!! Abríamos os presentes e depois íamos conferir o que os irmãos e primos haviam ganhado. Uma delícia!!! Teve uma época que tinha até papai noel fantasiado!!!!

6 - Chá mate quente com torradas saídas do forno. Pra acompanhar, sessão da tarde na Globo!!! Durante a infância, muitas férias escolares tiveram esse gostinho!!! Humm.... que saudade!

7 - Ficar de joelhos no milho. Este era um dos castigos impostos por minha mãe depois que os irmãos brigavam. E pior do que isso: além de ajoelhados no milho, tínhamos que ficar abraçados, um de frente para o outro!!!! Achava que assim iríamos fazer as pazes!!! Mal sabia ela que ali, abraçadinhos, trocávamos "afinidades" ao pé do ouvido!!!

E você??? Consegue se lembrar de pelo menos 7 sete fatos marcantes de sua vida???

Para adoçar o fim de semana, uma receitinha facílima de fazer! Não precisa ter nenhum dom para preparar.

CREME DE PAPAYA COM CASSIS


Ingredientes: (para duas pessoas)
Sorvete de creme (4 a 5 bolas)
1 mamão papaya
licor de cassis

Modo de Preparo: Bata no liquidificador o sorvete e o mamão até se tornar um creme. Coloque em taças individuais e ponha um pouco de licor por cima. Se desejar que fique um pouco mais consistente, leve ao congelador por 15 minutos.
obs: Tem que fazer na hora de servir. Caso contrário, o mamão escurece o creme.

Um comentário:

Kill disse...

Fiquei imaginando a cena do milho, vc, Cristiano e Gustavo ajoelhados, e comecei a rir sozinha no trabalho..
Lembrei tb da sua despedida, que nem parecia despedida, estava mais para um carnaval fora de época, de tanta gente q tinha, e de tão divertido que era aquele boteco!!!
Saudades!
Bjos...