O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

16 de setembro de 2007

Fim de semana com D. Canô

Trabalhar fim de semana não é fácil (e nem um pouco prazeroso). Mas neste fim de semana valeu a pena cada minuto de labuta! Fui para Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano, cobrir as comemorações do centenário de D. Canô, mãe dos ilustres Caetano Veloso e Maria Bethânia.

E foi um fim de semana inteiro de festejos! No sábado, a cidade parou para acompanhar a chegada da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, que veio de Aparecida do Norte, em São Paulo, especialmente para as homenagens!


Fui abençoada! Nesta foto, eu estava em cima do carro do corpo de bombeiros e pedi ao padre que virasse a imagem da Santa para que eu pudesse registrar o momento.
Claro que eu não iria perder a oportunidade!!!!

Passei o sábado inteiro na cidade! Acompanhei cada minuto de festa, cada instante de homenagem. Fiz reportagens e entradas ao vivo para o jornal local (numa delas eu entrevistei Maria Bethânia) e ainda entrei ao vivo para o Jornal Hoje. Para ver basta clicar aqui.

Neste domingo (16), dia em que a matriarca dos Velloso completou 100 anos, eu voltei à cidade. Foi cansativo e estressante, mas no fim tudo valeu a pena! Dona Canô estava uma fofura, super lindinha e muito paparicada pelos filhos!

Um batalhão de jornalistas acompanhou os festejos!!! Por onde Dona Canô (e os ilustres Caetano e Bethânia) passava, eram flashes, luzes e tentativas de entrevista!!!

Infelizmente nem tudo são flores. A gente sabe que "estrela" adora dar "piti". Agora, tem gente que não é nem estrela (e nem um pouco conhecida) e se sente no direito de dar ataque de histerismo. E nós, jornalistas, estamos sempre na reta de gente asssim!!!!

Enquanto tentava uma entrevista com Dona Canô, na porta da casa dela, tive que aturar a falta de educação de uma de suas filhas, Irene, a caçula (que é adotada).
Primeiro, ela veio com 10 pedras na mão para dizer que a mãe estava nervosa e não queria ser incomodada. Respeitei, é claro!
Depois, enquanto eu conversava com Mabel Velloso (escritora e filha de D. Canô), mais um momento de grosseria (não por parte de Mabel, mas de Irene).

Mabel (para Camila): Entre aqui em casa minha filha, saia desse sol!
Irene (para Mabel): Nãaaaaooooo, se ela entrar tem que abrir para todo mundo (a imprensa toda)
Mabel (para Irene): Ela vai entrar sim!
Mabel (para camila) Saia do sol minha filha, venha para cá
Camila (para Mabel): Não se incomode não, estou bem aqui! Fique tranquila!!!
Irene (para Mabel e indiretamente para Camila): Nãooooo.. Repórter está acostumado a isso. Deixe ela aí!
Mabel (furiosa, para Irene): Ela vai entrar! Ela não pode ficar no sol!
Camila (para Mabel): Não se preocupe comigo!
Mabel (para camila): Entre agora! Ou vou lhe dar umas "palmadinhas" (e ri)
Neste momento, Irene sai (possivelmente envergonhada) e eu entro.
Poucos minutos depois, Mabel chega com um copo de água gelado e diz:
"Beba água da casa de D. Canô!"


Mais tarde, Mabel me pediu desculpas (pela irmã), a filha de Mabel me pediu desculpas (pela tia), e Clara (outra filha de D.Canô) ainda pediu para a mãe falar comigo (já que eu era a única que ainda não tinha conseguido gravar!). Gente educada é outra história!!!!

Depois, vim saber que a tal "Irene" é mesmo muito mal-humorada e grosseira!
Incrível como algumas pessoas parecem sentir prazer em mostrar mal-humor e falta de educação. Desse jeito, essa tal "Irene" (que eu desprezo) não vai chegar nem na metade da idade da mãe!!!!

Não é à toa, Caetano fez a música Irene (deve ser em homenagem a irmã!)

"Eu quero ir, minha gente, eu não sou daqui
Eu não tenho nada, quero ver Irene rir
Quero ver Irene dar sua risada
Irene ri, Irene ri, Irene
Irene ri, Irene ri, Irene
Quero ver Irene dar sua risada"


Tirando todo este episódio, as homenagens à matriarca dos Velloso foram lindas! Também acompanhei todos os festejos de domingo. Desde a missa, de manhã, até a festança em um hotel próximo à cidade (apenas para família e amigos mais próximos)!
Abaixo estão algumas das fotos que tirei durante o fim de semana!


Um comentário:

Lúcia Dias disse...

Estrela já é demais!!! Pior ainda é quem pensa que é estrela!!! Às vezes essa Irene é complexada!!!
Parabéns pelo blog!
Abraços,
Lúcia