O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

22 de julho de 2009

Celebrando amigos

No último domingo teve reunião de amigos com direito a mesa farta (claro) e muitas risadas.

Como já é sabido, motivo para esses encontros não faltam...às vezes costumamos até inventar alguma comemoração, só para nos reunirmos. Desta vez foi para brindar a amizade em função do Dia do amigo (ou Dia Mundial da Amizade??), celebrado no dia 20/07.

O cardápio foi temático e pensado no Chile e na gripe A. Deixa eu explicar: queríamos fazer uma brincadeira com uns amigos que tinham acabado de chegar de férias do Chile, país que concentra muitos casos na nova gripe.

De entrada, o dono da casa fez ceviche, prato cuja origem é disputada entre o Chile e o Peru. Ceviche nada mais é do que peixe (ou frutos do mar) marinado em suco de limão, o que acaba "cozinhando" o peixe e deixando-o com a carne firme e opaca. Ele usou salmão, atum e camarão (este previamente fervido), além de cebola roxa e pimenta dedo-de-moça. Os frutos do mar ficaram marinando de um dia para o outro no limão e nos temperos, o que deixou o ceviche com um sabor delicioso.



O prato principal foi um lombo (afinal, porco lembra gripe suína) feito com missô - uma massa de soja - e sakê. Simplesmente perfeito.

Pra acompanhar, um risoto de pato no tucupi. Pra quem não sabe, tucupi é um líquido amarelo retirado da mandioca. Ele é feito junto com jambu, uma verdura típica do Pará que tem propriedade anestésica, causando um pouco de "dormência" na boca. Na verdade deu o maior barato...



Sim, foi uma grande mistura de cores, aromas e sabores. Mas por incrível que pareça, até que combinou...

Além de alguns pratos serem, de alguma forma, relacionados à gripe suína, ainda fizemos uma brincadeira com os amigos que chegaram do Chile. Usamos máscaras e toucas. E a japa Sílvia ainda usou uma roupa especial, como bem pode ser visto na foto abaixo...



Eu fiquei encarregada da sobremesa. Mas sinceridade?? Achei que ficou horrível. Eu queria fazer um pavê de frutas vermelhas. Mas frutas vermelhas em Salvador significa apenas morango, já que amora, framboesa e outras só existem aqui nas fotos. Então fiz um pavê de morango, mas não gostei nada da textura, nem do sabor. Por isso não posto a receita aqui.

No fim do dia fizemos um amigo oculto de presentes reciclados (leia-se: coisas que tínhamos em casa) para comemorar o dia do amigo!



Só para constar: a reunião começou no sábado, numa noite de vários tipos de fondue: queijo, carne e chocolate. O último feito por mim. E este sim ficou gostoso.

Usei uma barra de chocolate meio amargo e uma barra de chocolate ao leite. Derreti em banho-maria e depois acrescentei uma colher de sopa de conhaque e uma lata (sem soro) de creme de leite. Para acompanhar, morangos, manga, uvas e kiwi.

6 comentários:

Juliana disse...

Menina...qué qué isso!!!!!rsrsrrs
Delícia!!!
Tudo de bom!!!!
E a brincadeira foi ótema!!
Você acredita que morando em Manaus há 3 anos, nunca provei o pato com tucupi? É um prato típico aqui do norte, tanto Pará quando Amazonas.
Um fica brigando com o outro pra saber de quem é o prato..rsrsrs
Beijinhosss
Adorei tudo!!!
Ju e CLara

Mamãe Nathi disse...

Mas que post light, hein??? :)
Delícia e ainda mais com os amigos, né???
Bjs***

Versos de Mãe disse...

Mas isso é uma farra gastronômica das boas e o melhor regada à muita amizade e alegria.
Muito bacana a comemoração ao dia do amigo. Adorei a idéia do amigo reciclado, muito bacana mesmo.
E a Japa tá impagável!
Beijos
Pri

Anônimo disse...

Aa reuniões de vocês são sempre divertidas. A cada dia vocês estão mais unidas e amigas. Hoje em dia amizades verdadeiras e sem interesse são muito dificeis. Admiro muito vocês. Contagem regressiva. Beijos. Vovó Valéria.

disse...

fique com água na boca! eu e pietra batendo aqui no teclado! essa gripe é danada mesmo. a mãe de um colega tá internada ate hj em Sp e esse colega veio de SP sem saber que ela tava gripada e abraçou meu marido - olha o medo que dá? agente com bebezinho..ai ai...meu pai já comprou 10 máscaras..rs...fiquem com Deus!!!

MARCELO THOMAZ disse...

O Pato no Tucupi e o Tacacá são comidas típicas do Pará, assim como a castanha que também é do Pará.