O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

27 de outubro de 2010

Ele sabe o que quer...

Não foi do jeito que eu gostaria, mas Samuel estreou nos estádios!
Foi no último sábado, no jogo entre Bahia e Asa, pela segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Quem levou foi o pai, empolgado para ver o Asa (afinal, ele é de Arapiraca) e o Bahia (ex-clube) juntos. Mas se dependesse de mim, Samuel teria sua estréia no Mineirão, num clássico entre Atlético e Cruzeiro. Ok, ele foi na barriga, mas não conta. Até porque foi um jogo pra esquecer! Mas oportunidades não faltarão....

Bom, pelo menos a estréia foi com o "Baêa", time de massa como o Galo mais lindo do mundo! Marido disse que Samuel ia de acordo com a torcida: "Bóra Baêa"!!! Até imagino a cena!!!

Olha ele aí, no estádio de Pituaçu, em Salvador...

Apesar de gritar "Bóra Baêa", não há dúvidas do time do coração dele. Samuel é Galo! Com todas as letras, com todos os sons! Galooooo! Duvida? Olha aí....

6 comentários:

B. V. disse...

Ola, gostei muito do teu cantinho e ja te estou a seguir, visita tambem os meus e torna-te seguidor.
http://casaescorpiao.blogspot.com/
http://baudastralhasbv.blogspot.com/

Giovana disse...

Ai Camila que lindinho assitindo ao futebol!
Amei!

Beijokas,

Gi&Lucca

Anônimo disse...

Oi menina, saudades de vocês... Conte as novidades. Quando vai vir nos visitar em Recife? Será que Samuca ainda lembra de mim???? Beijos

Alba

humberto disse...

este menino lindo e decidido esta crescendo muito bem
parabens aos pais

humberto disse...

eu quis dizer,
bahiiiiiiiiiiiiiiiiiiiaaaaaaa
certamente estaremos na primeirona e iremos pra ficar

Anônimo disse...

E viva o galo forte vingador!!!!!!! Meu amorzinho é demais. Esse é um atleticano nato. Na barriga já gritava galo. Ele parece um rapazinho no stádio. Não vejo o momento dele chegar em BH. Muita saudade. Amo vocês. Beijos. Vovó Valéria