O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

29 de setembro de 2010

Tem que ter peito...

Outro dia a Pri, mãe da Cerejinha, fez um post tão verdadeiro e, acima de tudo, corajoso, que eu pensei: essa mulher tem peito!

E sabe por quê??? Porque ela fez um post que todas as mães blogueiras gostariam de ter feito. Um assunto que todas as mulheres gostariam de comentar: a libido após a maternidade.

Taí um assunto que, mesmo nos dias de hoje, ainda é tabu pra muita gente. E em muitos relacionamentos.

A verdade é que, logo depois do nascimento dos filhos, a mulher deixa um pouco de lado a "porção mulher" para se tornar quase que exclusivamente mãe! Afinal, é um novo mundo. E um novo ser, completamente dependente dela!

É fralda pra trocar, leite pra dar, choro para acalentar e noites longas para embalar...
Sem falar dos medos e anseios que assombram qualquer mãe, principalmente as de primeira viagem.
Nessas horas, é difícil pensar no marido. Tudo é para, e pelos, filhos!

Não tem libido certa!
Ainda mais com os peitos pingando leite pela casa afora...Dá para pensar em sexo assim?
Com um calçolão bege e uma cinta para colocar a barriga no lugar?
Com um sutiã brochante cor de "burro fugido"?
Com um pefurme natural exalando cheiro azedo de leite?
Não, não dá...

Mas essa fase passa. A libido vai voltando aos poucos...
Só que a mulher continua dedicando muito mais ao filho do que ao marido. O problema é que o homem começa a culpar a mulher:  "Você não faz mais isso, mais aquilo... não dá mais atenção pra mim!".
E aí a relação vira uma coisa morna e sem graça... É culpa da mulher???
Não, não é!

Mas é preciso compreender. Compreender e agir!!!
Além de mãe, a mulher é trabalhadora. Dona de casa. Faz supermercado. Lava a louça. Faz comida. Tem responsabilidades demais...

Os homens também tem que fazer a parte deles! Relembrar o romantismo dos tempos de namoro, fazer voltar o frio na barriga na hora de um encontro...e surpreender! Sempre!

Porque um casamento é feito de dois. E não apenas de um!

OBS: Pra ler o post da Pri sobre o assunto, basta clicar aqui.

4 comentários:

Priscila Sant'Anna: disse...

Oi Camila!

Adorei saber que sou uma "mulher de peito"!(ache virei mesmo uma mulher de peito depois de amamentar a Bia por um ano!).

Legal teu post também, principalmente por abrir a chance de se falar no assunto novamente.
A culpa da falta da libido não é mesmo da mulher, embora às vezes pareça.
Reacender as coisas, trazer aquele "foguetório" de volta depende do casal, é preciso dedicação, bastante namoro e às vezes paciência, pq um chorinho pode surgir na hora h.

Beijos
Pri e Bia

Juliana disse...

Também adorei o post da Pri!!! Como sempre, ela consegue dar emoção às palavras!

Pois é...essa coisa de que sempre é a mulher que tem que fazer isso ou aquilo..que tem que se arrumar, emagrecer, comprar lingeries...e o marido nada???????
Não rola né?
Mas isso é um pensamento que já é passado pra muulher antes dela casar; "olha, prende seu marido, nunca engorde ou recuse sexo" fala sério... Nós, mamães dessa nova geração, temos o papel de incentivar o contrário; de ensinar pro futuro homem que a mulher deve ser respeitada acima de tudo e pras meninas, que ela pode ser gorda ou feia; ela encontrará alguém que lhe enxergue internametne.
Super beijoo
Ju e CLara

Anônimo disse...

Concordo com todas vocês mulheres. Não somos culpadas da falta do libido. Somos muito cobradas. O homem acha que pode tudo: gordo, magro, barrigudo, fazer necessidades de porta aberta e sempre se achando. Cada vez mais se achando. Quando precisamos de carinho, companheirismo e palavras amigad, nada... só uma transa e estão satisfeitos. Hoje me sinto uma mulher que não desperta interesse em nenhum homem: me sinto com um corpo feio devido a gravidez. Barriga flácida e outras coisas mais. Mas mesmo assim me sinto uma mulher feliz, amada, respeitada pelos meus filhos e netos que não me veem com olhos devoradores de homens.Mamys.

Cozinha de Madame disse...

Ri muito com esse post e vou ler o outro. É bem assim mesmo, me vi em tudo!! Calçolão cintura alta bege e tal.