O bom da vida é sair por aí...Descobrir o mundo, descobrir as pessoas e as coisas...Sentir, olhar, experimentar... viver o que é bom e saber diferenciar...ampliar os horizontes sem ter medo de ousar!!!!

Por Camila Marinho

13 de setembro de 2010

Quando a gente desmorona...

Eu iria fazer a última entrevista que faltava para completar a reportagem. E então o telefone tocou.
No visor, apareceu "Daiane Babá". Dei um "end" para retornar em seguida, como faço de costume. Eu iria ligar dali a uns cinco minutos. Seria somente o tempo para terminar a matéria. Mas ela nem esperou e ligou de novo.

Então retornei. E ela disse:
- Samuel está preso no elevador. Estávamos no play e quando apertei o 2, o elevador desceu e ficou preso na garagem. Estou com medo.
- Você está com Samuel né? (porque pelo que começou falando eu cheguei a pensar que ele estivesse sozinho)
- Sim... Estamos presos... Tô com medo.
- Fique calma. Vocês estão bem? Como está Samuel? Já ligou para o porteiro?
- A gente tá bem. Mas eu tô sem crédito e não liguei para o porteiro (que diga-se de passagem é namorado dela).
- Tá, eu vou ligar para ele. Fiquei calma.

Liguei para o porteiro. Avisei do ocorrido. E liguei para o marido, que estava quase chegando em casa.
Certa de que tudo iria se resolver, fiz a última entrevista da reportagem, mas com o pensamento todinho em Samuel.

Terminei a entrevista e voltei a ligar para a babá.
- E aí? Como está? Tá tudo bem?
- Tá, o porteiro já chegou aqui. Mas Samuel está fechando os olhos. Querendo dormir....
- MAS ELE TÁ BEM? Não deixa ele dormir não. Tente distraí-lo, brincar com ele....Deixa eu falar com ele....
PAUSA...
- Oi anjo... Tudo bem?
- Tudo. (uma voz baixinha e sem ânimo)
- Oi meu amor! O que você está fazendo? Meu amor?
- oi....
- Alô Dai! Tente distrair Samuel...

Desliguei o telefone com o coração a mil. As pernas bambas, o coração acelerado...
Eu só pensava nas palavras dela: "Samuel está fechando os olhos... querendo dormir". Sem tê-lo por perto, comecei a imaginar que estava faltando ar...

Só Deus sabe como fiquei. Liguei para o marido e pedi que fosse voando para casa. Liguei para o porteiro de novo, que disse que já tinham chamado o técnico de elevador. Comentei com os colegas de trabalho, que falaram logo" ligue para os bombeiros!".

É verdade. 190!
- Alô, é da polícia? Na verdade eu tenho um chamado para os bombeiros. (*gente insana faz de tudo né?)
- Pois não senhora, é polícia e bombeiros também.
- Sim. É que eu estou trabalhando e meu filho está preso no elevador do prédio com a babá.
- Qual a idade da criança? Ele está sozinho?
- 2 anos. Está com a babá.
- Certo. Qual o endereço?
- Rua...(respiração ofegante e nervosa)
- Rua?
- Rua "x" de...(voz embargada de choro)
- Pois não senhora? Rua "x" de"????
- Rua x de y...(chorando)
- Se acalme senhora. Já estamos enviando uma viatura...
- Sim... (chorando) Obrigada.

As lágrimas corriam e os colegas de trabalho corriam ainda mais para guardar o equipamento e voar comigo para minha casa. Me despedi dos entrevistados chorando e com a maquiagem borrada.

Entrei no carro e voltei a ligar para o porteiro, que me disse que estava com a porta do elevador aberta para o ar circular. Liguei para o marido, que tinha acabado de chegar em casa. Ele interrompeu a conversa e disse:
- Sai Dai..Corre. Vem Samuel.
- Marcones, e aí?
- Eles saíram. Conseguimos abrir a porta do elevador. Tá tudo bem.

Foram os vinte piores minutos da minha vida! Mais tensos do que quando achei que Samuel estivesse com pneumonia. Me acalmei, agradeci a Deus (e à Madre Paulina) e respirei aliviada.

Mas voltei a ligar para o marido.
- Samuel está bem mesmo???
- Tá, tá tudo bem.. Só Daiane é que desmaiou... duas vezes. Mas ela tá voltando....

Minha Nossa Senhora!!!!
Que dia viu?? Se eu estivesse com Samuel teria ficado tranquila. Mas longe, sem ver o rosto dele, ouvindo apenas o relato da babá, desesperei. Mas Deus existe. E é bom demais!

6 comentários:

Sérgio Augusto Sant'Anna disse...

Senti o nervosismo lendo tudo, Camila!
Imagino teu coração como ficou...se eu daqui diquei angustiada de ler.
Graças a Deus tudo correu bem, Sam ficou bem!
Outro susto desse nunca mais!
Beijos
Pri e Bia

Giovana disse...

Camila, estou aqui sem folego, só de ler!

Graças a Deus, tudo está bem!

Beijos,

Gi & Lucca

Karla Maria disse...

Camila,
cheguei a ter taquicardia ao imaginar sua aflição.
Ainda bem que Deus existe e ficou tudo bem.
Bj

Mamãe Nathi disse...

Meu Deus!!! Que susto!
Deus é bom d+ mesmo...

Beijinhos***

Mamãe Nathi disse...

Meu Deus!!! Que susto!
Deus é bom d+ mesmo...

Beijinhos***

Renata disse...

como dizem por aí, mãe é viver com o coração fora do corpo....mas fico feliz de ter td acabado bem! e essa babá desmaiando por conta de elevador preso..rai ai..ainda bem que a minha é raçuda!!! Samuca tá muito lindão..vi numa reportagem do cinto de segurança. coisa mais linda _Deus protege sempre, ainda mais os gatinhos lindos como este seu!!!!